Os Karas

Olá pessoal! Como estão vocês? Eu estou ótima, ainda mais com esse clima de férias. Ontem passei o dia todo na praia. Já disse que adoro férias?

Bem, a dica de hoje são livros para a leitura nessa época ou em qualquer outra. Já ouviram falar dos Karas? Não? Eu explico. Eles são um grupo de adolescentes formado mais por brincadeira e desejo de perigo e aventuras, mas que acabou se envolvendo em casos policiais que eles precisavam resolver.

Os 5 livros foram escritos por Pedro Bandeira, um dos melhores escritores que eu já vi. Seus livros de aventuras com os Karas são incríveis, prendem a atenção do leitor do início ao fim. Isso é garanto! Depois que comecei a lê-los na 6ª série, fiquei COMPLETAMENTE viciada.

São 5 integrantes:

Miguel – O líder do grupo. O Kara que sempre sabe o que é melhor para todos.

Crânio – O gênio. O garoto mais inteligente do colégio.

Calu – O ator. Atuou em vários comerciais e é o melhor ator do clube de teatro e também o garoto mais lindo da escola.

Chumbinho – O caçula. O mais aventureiro deles. Adora os perigos que eles enfrentam.

Magrí – A única menina do grupo. É campeã de ginástica olímpica. Calu, Crânio e Miguel têm uma queda por ela. Ela adora todos, mas tem uma queda por um em especial…

Livros:

A Droga da Obediência – A primeira aventura, quando Chumbinho se junta ao grupo. Um crime está acontecendo, em cada escola de São Paulo, três estudantes somem a cada semana e os Karas estão investigando. Enquanto isso Chumbinho é um dos sequestrados e conhece todo o plano do malvado Doutor Q.I..

Pântano de Sangue – O livro se passa em sua maior parte no Pantanal. Neste episódio, o querido professor Elias é encontrado morto, e a turma dos Karas não se conforma com isso. Crânio, convencido de que não se trata de um simples roubo, parte para o Pantanal Matogrossense, que o professor visitara semanas antes. Na pista de um aeroporto clandestino, Crânio é seqüestrado. Os Karas entram em ação e, junto com o detetive Andrade, seguem as pistas deixadas por um piloto assassinado que, momentos antes de morrer falara de um misterioso criminoso chamado Ente.

Anjo da Morte – O professor de teatro de Calu é assassinado pouco antes de estreia sua nova peça. A única pista é um ameaçador folheto neonazista. Surge um novo caso para os Karas. O principal suspeito é um ex-oficial alemão, comandante de uma organização mundial que pretende somar o dinheiro e o poder dos criminosos com um tenebroso ideal.

A Droga do Amor – Um cientista americano, que havia criado a cura para a praga do século, o mal que transforma o amor em morte, é sequestrado na Brasil. Magrí e Chumbinho tentam reunir o grupo secreto dos Karas para investigar esse crime tremendo para a humanidade. Mas Miguel, Calu e Crânio, por não quererem disputar entre si o amor de Magrí, decidem terminar o grupo dos Karas… Para agravar a situação, o Doutor Q.I., o rei dos criminosos, foge da Penitenciária de Segurança Máxima… Magrí, a única menina do grupo, é quem afronta todos os riscos para desvendar essa trama eletrizante.

Droga de Americana! – Pessoalmente, o meu preferido. Neste episódio, o colégio Elite recebe a visita da filha do presidente norte-americano, que é ginasta e amiga de Magrí para uma exibição de ginástica olímpica. Mas como já era esperado, uma tentativa de sequestro transforma a alegria em preocupação.Um grande esquema de proteção a filha do presidente foi armado. Porém, os sequestradores conseguiram enganar o serviço secreto mais poderoso do mundo: A CIA. Só que eles não imaginavam que Magrí engana o sequestradores, que a sequestram em vez de Peggy.

Pedro também escreve um 6 livro dos Karas chamado A Droga Virtual, mas o retirou de circulação para reescrevê-lo e até agora não foi publicado.

Se por acaso se interessar por alguma destas histórias, aconselho que leia pois elas envolvem como ninguém. E o melhor é não precisa seguir uma ordem para ler, pois é como se cada texto fosse independente do outro.

Durante as histórias os Karas utilizam vários códigos secretos:

Código Vermelho – Se baseia na substituição de vogais. As consoantes permanecem.

A = ais
E = enter
I = inis
O = omber
U = ufter

Caso a vogal que será codificada esteja acentuada, com til ou com trema, apenas a primeira letra do código será codificada. Exemplo: ómber

Ex.: A Droga do Amor

Ais Drombergais domber Aismomberr

Emergência Máxima – Consiste em desenhar a letra K na mão esquerda. Significa uma convocação para uma reunião de emergência. Pode também se desenhar a letra K em outro lugar.

Código Tenis – Polar – Escreve-se a palavra TENIS sobre a palavra POLAR e substituir as letras correspondentes. O T pelo P, E por O, N por L, I por A, S por R e vice-versa. As letras restantes permancem as mesmas.

T E N I S

P O L A R

Ex.: Droga de Americana

Dsegi do Imosacili

Código Morse

Código dos Aeronautas

Código-Coruja – Um conjunto de sons parecidos com pios de coruja para sinalizar alguma coisa. Pode ser também pios de coruja em código morse.

Código Miguel-Cranio – É usado pela Magrí em Droga de Americana!. É o mesmo que o tenis-polar. Só troca o i por y.

M I G U E L

C R A N Y O

Ex.: A Droga Virtual

G Dilag Vritugo

Então, isso é tudo pessoal (parece Looney Tunes) por hoje. Até a próxima e espero que tenham gostado.

“Esse é mais um trabalho para os Karas: o avesso dos coroas, o contrário dos caretas”

A Droga da Obediência


 

Pântano de sangue

Anjo da Morte

A Droga do Amor

Droga de Americana!

Crystal

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: